outro patamar.

não sei se vivo um mundo decadente
mas sei que apenas dele vou cantar
pois só este eu conheço e sei presente
no século, no agora, fiz meu lar

da derrocada cai uma semente
será que em solo fértil vai brotar?
não penso em bem ou mal, penso na gente
capaz, pela vontade, de criar

do todo, pouco importa seu destino
pois seja lá qual for, irei, aceito
ainda que me perca ao desatino

então, o que me resta é dar um jeito
escuto o badalar das seis, o sino
desperta para o que deve ser feito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: