13 de maio.

josé de arimatéia era um pedinde
que andava no bixiga, pelas ruas
num saco, carregava coisas suas
andava sem saber do dia seguinte

juntava uma graninha, uns dez ou vinte
comprava uma cachaça, às vezes, duas
imaginava as moças, lindas, nuas
deitadas na calçada (seu acinte)

na noite em que foi morto por pauladas
sonhava no pesado sono alcoólico
que estava, como os jovens, nas baladas

morrer não foi demais e nem insólito
pessoas? as pessoas vão dopadas
ignoram totalmente um ser simbólico.

Anúncios

Uma resposta to “13 de maio.”

  1. Vânia Medeiros Says:

    q daora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: