podolatria reversa

me lembro de lamber o seu pé sujo
enquanto nós bebíamos cerveja
‘se alguém quiser nos ver, pois que nos veja’
assim eu me humilhava, um cão, sabujo

sentia-me o pior, um verme cujo
orgulho se perdeu sem ter peleja
amante que seu próprio mal deseja
por mais que seja podre eu nunca fujo

vivi o tal amor por uns três anos
memórias, todas elas trago cá
relembro para sempre os meus enganos

e digo ‘fique bem, mas vá pra lá’
garanto… continua nos seus planos
duvido que deixou de ser tão má.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: