Archive for maio \15\UTC 2011

maio 15, 2011

não creio num futuro do pretérito
não dá para saber o que seria
você fez uma escolha e só, seu mérito
efeitos, qualquer uma, igual, teria

persegue na consciência algum inquérito
talvez fosse melhor uma outra via
se sofre o seu sofrer que é hipotético
esquece do real por covardia

o sol faz o seu curso diariamente
o tempo segue em uma direção
o mundo não se fez pra ser clemente

seguir e aceitar a convicção
deixar de ser escravo de sua mente
a dura e verdadeira compreensão.

maio 12, 2011

insistem que do amor são portadores
e dá pra acreditar no que eles dizem?
dirigem ao seu deus os seus clamores
e causam uma espécie de vertigem

talharam tantas, tantas, tantas dores
horrores e temores, coisas ídem
não sei dizer, então, quantos ‘amores’
em tais mentalidades, pois, existem

expliquem para mim o que proclamam
o que podem saber do sentimento
daqueles divergentes e que se amam?

entendem que outro amar se faz nojento
se fora do padrão que eles reclamam
são mentes rejuntadas com cimento.