Farda mas não Talha.

busquei a liberdade toda a vez
desconhecendo, ao certo, quem seria
havia em mim apenas uns ‘porquês’
julgava a cousa toda como séria

e sempre, sempre e sempre me feria
empresa construída em altivez
pagando, sem pensar em sua féria
apenas me deixando alguns ‘talvez’

quiçá n’algum momento eu me fiz livre
o lembro de senti-la, aqui, tão física
mas poucas atenções dela eu obtive

instante e nada mais e foi-se, tímida
(espero que ninguém disso me prive)
deixou pra mim apenas minha lírica.

Anúncios

Uma resposta to “Farda mas não Talha.”

  1. Laura Says:

    Está cada vez melhor… Mais emocionante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: