acordo ateu em todas as manhãs
não dá pra crer em nada logo cedo
mas lá por meio-dia vem um credo
pagão, como convém às almas sãs

as tardes aproveito neste afã
mas logo aperta o peito antigo medo
de minhas novas crenças pé arredo
relembro a velha história da maçã

eu vou dormir cristão, daqueles pios
mas entro em transe, assim se dá meu sono
eivado toda a noite de arrepios

um sonho com seu toque doce e morno
depois uns pesadelos muito frios
até meu despertar e aí: retorno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: