dorgas

perdi m’ia virgindade com benzina
roubei de minha mãe anfetaminas
e o álcool da cerveja (era alemã?)
e o álcool da cachaça das mais chãs

o meu maior amor foi nicotina
mas eu fui me casar com cocaína
trair a todas elas, lexotan
e a nova das paixões, diazepan

pra sádica heroína eu bati bronha
pequeno affair eu tive lá com ácido
também eu tive um ‘algo’ com a maconha

se lembro disso tudo agora plácido
o faço com lembranças bem tristonhas
será que eu me tornei só mais um flácido?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: