pra não dizer que não falei dos clichês

depois duma garrafa dessas ‘vódecas’
de péssima, pior das qualidades
tentou de uma maneira das mais porcas
morrer, suicidar-se de verdade

chumbinho, esse veneno das malocas
saída para aquele que se dá de
maluco transtornado, se sufoca
de pouco em pouco, só, nesta cidade

por sorte nem deu nada, nem sorriso
a Morte deu, e só tomou um pito
dos caras da polícia, de serviço

assim foi que se deu seu triste rito
e foda é me fazer escrever isso
temática cretina de maldito…

Anúncios

Uma resposta to “pra não dizer que não falei dos clichês”

  1. juliana Says:

    de nadja.. e eu ia comentar em outros, mas tava com sono e ia tomar muito tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: