rasguei, sem grande alarde, a um mau poema
daqueles que se ofende a um desafeto
porque estou cansado deste esquema
tratar aos outros homens por dejeto

merecem? tudo bem, culpe ao sistema
ou culpe a quem quiser (seja discreto…)
desisto de culpá-los pra ter tema
por ora vou tentar ser mais correto

cansei de fazer tipo, ser cruel
por pose, ou altivez, ou sei lá o quê
cansei de dar aos outros só meu fel

nem sei se manterei ao que se lê
aqui, pois sou um tipo que ao papel
enxerga, mas no mundo não se vê.

Anúncios

Uma resposta to “”

  1. juliana Says:

    acho, esse, um de seus poemas mais leves.. a leveza, quase sempre, é boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: