Soneto (op.56) –

espero que consiga muitos decas
que vou ficar insone muitas noites
jogar que não teremos em Las Vegas
nas costas que se fodem, mil açoites

cheirava sem pensar muitas petecas
bebi, pra degustar, muitos oldeites
as noites foram todas muito incertas
não sou de colocar muitos enfeites

você pra mim é tudo, no momento
você fez despertar um sentimento
a minha luz (perdida ou escondida)

um curso vai deixando sedimento
não posso mais fingir ser eu isento
espero que eu mereça ter guarida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: