Soneto (op. 037) –

eu quero apenas núcleo essencial,
o básico central, se acordes tríades
e nada mais, pois jazem afinal
adornos, irrompendo nas miríades

se perde no acessório o principal
aprenda na lição para Alcebíades
aquilo que distrai, nos trai, fatal
está posto nos códigos, Melquíades

estou compondo sim, aqui, em cifras
secretos ou herméticos gemidos
que bastam aos chamados aos três infra:

farei assim pois são aos escolhidos
os versos são difíceis nessa safra
difíceis pra não ter desentendidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: