Soneto (op. 022)

você quer mais, sentir tudo o que é raro
chegado, tenha certo que eu sou par
entendo da vontade de chapar
na pele, quer sentir o tal disparo

delírio, pra mim, é o que há mais caro
poder perder a mente, ver zarpar
e odeio demais quem curte capar
aviso irei eu dar, bote reparo:

teria experiência, então, você?
será que o considero desse ramo?
se pelo menos der pra ser placé…

se não, melhor largar esse seu plano
não é assim ‘tomar LSD’
que vaya ser muy cruento el desengaño…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: